CHINARTE Artes da Saúde

Novas Aprendizagens, Estar e Ser Naturalmente!

segunda-feira, 1 de fevereiro de 2010

A Prática do Tai Chi Chuan e a Saúde

A PRÁTICA DO TAI CHI CHUAN E A SAÚDE
Autor: Mestre Nelson Barroso


Afinal o que é o Tai Chi?

Tai Chi ou Tai Chi Chuan é uma modalidade desportiva, cuja essência tem origem nas artes marciais chinesas e entende-se também como uma forma de cultivar a energia (Chi), logo também é uma prática específica e muito particular de Chi Kung. O seu objectivo é o relaxamento, físico e psíquico, e além disso exercita os músculos, coordena o movimento corporal, com a respiração, aumentando a energia do corpo.
É indiscutível que o Tai Chi Chuan se converteu numa das artes marciais chinesas mais praticadas hoje em dia.
Qual será o mistério que envolve o tai chi e o torna tão atractivo perante grupos de pessoas tão diferentes e com modos de vida tão distintos?

Porque motivo jovens, adultos e pessoas de idade mais avançada procuram e encontram no Tai Chi a resposta para promoção de uma vida mais saudável?

De facto, apesar do tai chi ter as suas raízes na antiga China, é actualmente uma arte praticada em todo o mundo, sendo inegável que esta prática visa a promoção da saúde, o que contribuiu grandemente para a sua popularidade.

No Ocidente o tai chi é apreciado, especialmente, pela sua relação com a meditação, oferecendo a todos aqueles que vivem uma vida agitada, de stress intenso, uma forma de obter tranquilidade e equilíbrio.
Ao estabelecermos uma relação de interacção entre esta arte e a saúde é imprescindível mencionar os benefícios que proporciona ao nível do relaxamento físico e mental.
Devemos, ainda, referir que o Tai Chi e nomeadamente, o oriundo das escolas Tradicionais, para além de proporcionar o tão desejado relaxamento, favorece a capacidade de concentração da mente, a firmeza do corpo e o aumento da energia interna que se reflecte numa maior jovialidade.
Diversos estudos científicos apontam o Tai Chi como uma modalidade que pode produzir inúmeros benefícios no campo da saúde, e podemos referir alguns, tais como:
• a activação da circulação sanguínea;
• o aumento da coordenação motora;
• o desenvolvimento da força muscular e do equilíbrio;
• o fortalecimento do sistema ósseo;
• a diminuição do risco de queda nos idosos, que resulta da maior coordenação motora, força muscular e aumento da capacidade de equilíbrio;
Acrescem, ainda, benefícios como:
• uma maior acção e capacidade do sistema imunológico;
• a diminuição dos riscos cardiovasculares;
• a redução da ansiedade;
• o aumento da eficiência respiratória;
• Menos stress;
• Maior flexibilidade das articulações.
Naturalmente que estes benefícios só ocorrerão se houver uma prática assídua e contínua, sustentada pela experiência de um sistema credível e tradicional, comprovada por milhares de praticantes e sob orientação de um Professor qualificado.
A CHINARTE Escola de Medicina Tradicional CHINESA e Artes Marciais desenvolve cursos, seminários, workshops, aulas personalizadas de grupo e individuais para a formação e ensino do Tai Chi Chuan.
Ao longo da nossa experiência de ensino de Tai Chi Chuan, constatámos, que o Tai Chi promove o equilíbrio físico, mental e emocional e desta forma, a saúde.

Assim, na prática desta arte devemos considerar três factores muito importantes:

• O movimento contínuo;
• A regulação da respiração;
• A meditação em movimento.

Nesta prática os movimentos é vital que os movimentos sejam contínuos e haja um controlo adequado da respiração, para que em movimento surja a meditação e desta forma consigamos fortalecer e fomentar a energia do corpo físico e acalmar e serenar a mente.


O Movimento Continuo

É de vital importância conseguir manter a continuidade do movimento aquando da prática de Tai Chi.

Sendo, ainda fundamental que esta continuidade ou melhor dizendo o fluir constante dos movimentos de Tai Chi sejam conjugados com o alternar do peso corporal a nível dos membros inferiores. Pretende-se, que haja uma mudança de polaridade da energia, ou seja ao yin segue-se o yang, ou ao vazio o cheio, podendo dizer-se, também, ao leve o pesado.

Na sua generalidade, os movimentos são efectuados de forma lenta, o que promove o aumento da irrigação sanguínea, e consequentemente obtêm-se muitos benefícios para a saúde.

O Controlo da Respiração
A investigação científica já comprovou que a respiração profunda pode preservar a saúde e tratar doenças.
A respiração é uma actividade extremamente complexa que tem efeitos directos e indirectos sobre as diversas funções do organismo.
Para além do oxigénio, o ar que respiramos contém muitos elementos, incluindo o ferro, o cobre, o zinco, o quartzo, o magnésio, etc., os quais suprem necessidades importantes do organismo.
Ao praticar Tai Chi Chuan de uma forma natural, a respiração molda-se ao fluir dos movimentos e automaticamente, absorvemos esses preciosos elementos, libertando resíduos e toxinas.
Segundo os antigos sábios chineses na respiração “expelimos o velho e absorvemos o novo". Consequentemente, é de elevada importância respirar correctamente, se queremos preservar a nossa saúde.
A oxigenação do corpo é em geral um objectivo de todas as práticas de exercício físico. Esta preocupação é, também, determinante na prática do Tai Chi que procura regular a respiração de modo a que se efectue pausada e profundamente. O ritmo lento dos movimentos, associado à concentração e ao relaxamento da mente, induz uma respiração lenta, calma e tranquila.
A prática contínua desta forma de respirar beneficia todo o sistema respiratório, e deste modo podemos aliviar um grande número de perturbações, tais como:
• A asma;
• A respiração entrecortada e a dor de cabeça;
• A ansiedade que é típica de uma respiração ofegante e curta;
• A insónia e a hipertensão.

É óbvio que uma prática assídua e contínua proporcionará uma maior obtenção de benefícios.

Sabemos que um exercício contínuo, efectuado por mais de vinte minutos, três a quatro vezes por semana, contribui para a melhoria da saúde. E esta preciosa vantagem é proporcionada na prática dos exercícios de Tai Chi da escola Yang tradicional que em Portugal é representada em exclusivo pela CHINARTE.

E finalmente, tecemos agora algumas considerações sobre o Tai Chi Chuan e a sua identificação como:

A Arte da Meditação em Movimento

A prática do Tai Chi é por vezes denominada de Meditação em Movimento. Como já referimos, anteriormente, os movimentos de Tai Chi são executados de forma lenta, sendo associados a uma respiração pausada, permitindo a exercitação da mente, a qual se deve concentrar na execução dos exercícios.

Como os exercícios são lentos e suaves proporcionam um relaxamento do corpo e consequentemente da mente.

À medida que se vai progredindo na prática, desenvolve-se a harmonia natural dos movimentos e da respiração, a qual deve ser profunda e relaxada, conseguindo o praticante obter um estado de calma interior e de contemplação.

A execução dos movimentos passa a ser feita com base no “sentir” e não no “pensar”, ou seja o movimento flúi de forma natural e harmoniosa.

A CHINARTE representa o estilo da Escola Tradicional de Yang Tai Chi Chuan e o seu Grão-Mestre, Fu Sheng Yuan, considera que a aprendizagem é determinada em três fases.

A primeira é a da aprendizagem do movimento, a segunda é a do aperfeiçoamento do movimento e a terceira e última, é a do sentimento, ou seja quando, o aluno executa realmente a Meditação em Movimento.
Tal como retiramos muitos benefícios da prática de Tai Chi Chuan, existem outras modalidades desportivas que também oferecem muitas destas vantagens. Contudo há algo único no Tai Chi Chuan. Esse algo único é inerente a um rejuvenescimento físico e mental, que advém de uma modalidade que pode ser praticada por pessoas de todas as idades, consoante as suas necessidades e expectativas relativamente à prática, focando-se, numa perspectiva mais centrada na autodefesa, ou na prevenção de doenças ou ainda, numa perspectiva terapêutica.
O Tai Chi Chuan é uma verdadeira fonte de juventude que nos consciencializa holisticamente, equilibrando e harmonizando o indivíduo na sua globalidade física, mental e espiritual, fortalecendo a sua saúde e prevenindo contra muitas doenças e desequilíbrios.
O Tai Chi permite atingir a serenidade interior e gera as condições necessárias para aumentar a nossa capacidade de adaptação às constantes e ininterruptas mutações que ocorrem no nosso quotidiano.
Por todas as exposições que fizemos, sugerimos que experimentem praticar Tai Chi Chuan, e observem como de uma forma natural podem desfrutar de uma melhor saúde, sentir-se mais calmos e tranquilos.

Pratique Tai Chi com a CHINARTE e Viva com Mais Saúde e Qualidade de Vida.

Sem comentários:

Enviar um comentário