CHINARTE Artes da Saúde

Novas Aprendizagens, Estar e Ser Naturalmente!

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

TONIFICAR O ESPÍRITO


O Lançamento do novo livro de Chi Kung do Mestre Nelson Barroso decorrerá no próximo fim de semana. O Livro intitulado "Os Seis Sóis de Shaolin" incorpora 6 séries de exercícios que no seu conjunto incorporam 18 exercicios de Chi Kung, os 18 Exercícios da Saúde.

Apresenta-se seguidamente um dos exercícios que é focado na Quinta Série de Exercícios, a qual se denomina -TONIFICAÇÃO DA MENTE E DO ESPÍRITO. Esta série incorpora três exercícios de natureza Yang. Estes exercícios executam-se mantendo os pés imobilizados, não se realizando deslocamentos (passos). A acção centra-se no trabalho das portas de energia nos planos físico e energético e no movimento das mãos e dos braços. Segue-se a caracterização do 1º exercício desta série.

Se quiser conhecer os 18 exercícios não perca a oportunidade de adquirir o livro que inclui inúmeras fotos ilustrativas e a oferta de DVD com a execução de todos os exercícios.

Exercício “Tonificar o Espírito”

1.1.1. Descrição

Postura Inicial: Erecto, pés afastados a uma distância correspondente à largura dos ombros, corpo relaxado.

1ª Fase – Relaxamento e Extensão do Corpo

a) Flectem-se ligeiramente as pernas, relaxando o tronco e efectuando um ligeiro impulso para a frente, e a cabeça descende cerca de 45º; simultaneamente, as mãos aproximam-se na frente do abdómen inferior e uma sobrepõe-se à outra, após o que se cruzam ligeiramente; o olhar acompanha o movimento das mãos .

b) Num movimento de extensão das pernas, tronco e cabeça (que ascende 45º); elevam-se e abduzem-se os braços e as mãos afastam-se uma da outra, ascendendo até ficarem localizadas lateralmente e acima do nível da cabeça, com as palmas voltadas para dentro e para cima. Nesta fase olha-se em frente e inspira-se. O olhar acompanha o movimento das mãos, pelo que o campo de visão é amplo, abrindo-se os olhos o mais possível, de modo a poder visualizar, num ângulo lateral, o centro da palma das mãos.


2ª Fase – Relaxamento do Corpo

a) Rodam-se as mãos para o exterior; simultaneamente, inicia-se a expiração e também o relaxamento do corpo: primeiro da região lombar, depois da região dorsal e posteriormente da região cervical; simultaneamente, as pernas flectem ligeiramente e a cabeça relaxa, sem tocar no peito; as mãos continuam a rodar, enquanto se efectua a adução dos braços que descem até ficar ligeiramente estendidos na frente do tórax e as palmas das mãos mantêm-se voltadas para o exterior; as mãos continuam a descer até ao nível do abdómen inferior (virilhas), até as palmas ficarem próximas e voltadas para essas áreas do corpo; o olhar acompanha a descida das mãos.

Continuação e Conclusão do Exercício: Dando continuidade ao movimento final da segunda fase do exercício, repetem-se no mesmo ritmo as duas fases do exercício, realizando vários ciclos do exercício. Conclui-se o exercício ao terminar a segunda fase do último ciclo, estendendo suavemente o corpo e regressando à postura inicial.


1.1.2. Pontos-Chave

Movimento

a) Os movimentos são relaxados, embora denotem uma certa tonicidade;

b) As palmas das mãos voltam-se para o exterior e para a frente no movimento de descida dos braços;

c) Ao elevar as mãos, o peito expande (abre);

d) Quando as mãos estão acima do nível da cabeça, o olhar foca-se em Laogong (PC8), o que activa o movimento ocular, expandindo o campo de visão;

e) No inicio do movimento de descida das mãos, o olhar fixa-se em frente e seguidamente acompanha o movimento de deslocação descendente das mãos.



Respiração

a) Respiração Yang: expiração mais curta que a inspiração;

b) Inspira-se e expira-se pelo nariz;

c) A respiração é de intensidade média;

d) Retém-se ligeiramente a respiração aquando da abertura máxima dos braços;

e) No início da expiração efectua-se uma respiração explosiva curta.


Mente

a) Concentrar a Mente no ponto Laogong (PC8), quando as mãos estão posicionadas lateralmente ao corpo e acima da cabeça.

1.1.3. Efeitos Terapêuticos

a) Estimula a percepção visual;

b) Estimula e desperta a mente;

c) Tonifica o Espírito (mente e emoções);

d) Desenvolve a auto-confiança e a capacidade de decisão.


Sem comentários:

Enviar um comentário